Notícias

Cada pessoa desperdiça 121 quilos de comida por ano

cortar cenouras

Estima-se que 17% de toda a comida foi para o lixo em 2019, a nível global, num total de 931 milhões de toneladas de alimentos, de acordo com o relatório mais recente do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

São 121 quilos de alimentos desperdiçados por ano por habitante, dos quais 74 quilos – mais de metade – são desperdiçados a nível doméstico. O relatório Índice de Desperdício de Alimentos, publicado em Março de 2021, que incluiu 54 países, olhou não só para os alimentos desperdiçados a nível doméstico, mas também a nível do retalho, restaurantes e outros serviços alimentares.

Ao longo da cadeia de produção e de fornecimento, são cerca de 14% de alimentos produzidos que são desperdiçados mesmo antes de chegarem ao mercado, segundo a Food and Agriculture Organization (FAO) totalizando cerca de 400 biliões de dólares por ano, aproximadamente o PIB da Áustria.

Um problema social, ambiental e económico

Este é um fenómeno que atinge todos os países, independentemente do seu nível de riqueza, contribuindo para o duplo problema do sistema alimentar: por um lado, a abundância e o desperdício; por outro, a fome de cerca de 700 milhões de pessoas, com outras três biliões de pessoas sem acesso a alimentos saudáveis, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), número este que deverá aumentar acentuadamente com a COVID-19.

A nível ambiental, cerca de 8 a 10% das emissões globais de gases de efeito estufa estão associadas ao desperdício alimentar, contribuindo para o aquecimento global e agravamento das alterações climáticas, num momento em que a ação climática já está de si atrasada e agravada.

Como evitar o desperdício alimentar

A SmartFarmer, contribuindo para as cadeias curtas de produção, ligando os produtores e os consumidores, possibilita que o desperdício alimentar seja reduzido. Esteja atento/a ao nosso próximo blogpost de dicas de como reduzir o desperdício alimentar em sua casa.

 

Pode ler o artigo da ONU aqui e o relatório completo aqui.

 

15 de Abril de 2021

Back to list