Notícias

A importância de consumir produtos locais

Não é novidade para ninguém que a forma como produzimos e consumimos os nossos alimentos, tem contribuído para muitos dos problemas ambientais existentes. A expansão das cadeias de supermercados levou a uma mudança do abastecimento de alimentos local para um sistema de comercialização centralizado, amplamente indiferente à origem dos produtos, levando a que a maioria dos produtos que consumimos diariamente tenha um impacto significativamente negativo no ambiente. Para além disso, a produção em regime intensivo das grandes empresas industriais ultrapassou a dos pequenos produtores, que se viram por isso marginalizados e com uma forte diminuição nos seus rendimentos.

Tendo em mente este cenário, revela-se urgente seguir outro caminho em direção de uma economia local e de maior proximidade, que assegure não só a redução da pegada ecológica, como uma gestão mais sustentável dos recursos energéticos. O consumo e a produção sustentável apenas são possíveis se privilegiarmos os produtos locais na altura de escolher o que produzir, distribuir, comprar e consumir.

A escolha de produtos locais reduz o número de intermediários na cadeia de distribuição alimentar e encurta as distâncias, sendo o efeito mais óbvio a redução dos custos para o consumidor.

Mas há muitas outras vantagens!

 

Os produtos locais são amigos do ambiente

A proximidade e as cadeias curtas de abastecimento são amigos do ambiente, porque reduzem a poluição, as emissões de CO2, e o consumo de energia.

 

A produção local preserva o campo

A produção local preserva o campo, porque contribui para o desenvolvimento das zonas rurais e agrícolas, em detrimento da construção urbana.

 

Os produtos locais são bons para a saúde do consumidor

Uma vez que viajam menos, os produtos locais chegam mais frescos à mesa do consumidor e requerem menos conservantes. Outro ponto importante é que os alimentos produzidos localmente são sazonais, e por este motivo promovem a variedade na dieta e garantem uma maior qualidade dos nutrientes e características organoléticas.

 

Os produtos locais ajudam a economia local a crescer

A produção local favorece a preservação – e o desenvolvimento – de técnicas locais, culturas e produtos típicos locais, que de outra forma correriam o risco de desaparecer.

Além disso, a compra de produtos locais apoia a economia local, encorajando os produtores – mesmo os mais pequenos – a não abandonar o território, mas a investir nele.

 

Os produtos locais contribuem para a manutenção dos laços com a própria cultura

O consumo de produtos nacionais/locais e tradicionais do país responde a um dos pontos salientados pela Dieta Mediterrânica Património Cultural e Imaterial da Humanidade de manutenção dos laços com a própria cultura.

Devemos olhar para o consumo local como um compromisso para com as gerações futuras, contribuindo para que as comunidades se tornem sustentáveis, socialmente justas e inclusivas, com uma economia local forte e viável.

 

Os Produtos locais, uma garantia de qualidade

Os produtos locais são um elo de ligação muito importante nos dias de hoje. Estes não ligam apenas produtores e consumidores, graças à relação de confiança baseada nos saberes-fazer locais, mas também o meio rural e o meio urbano.

Estes produtos afastam-se absolutamente dos produtos do mercado globalizado, produtos estandardizados e que tentam agradar a gostos-padrão, sem um sabor particular, que correspondem a padrões “mundiais” para consumidores indiferenciados. Os produtos tradicionais portugueses distinguem-se pelas suas caraterísticas que apelam aos 7 sentidos, que nos remetem imediatamente para as matérias-primas com que são produzidos e para a região específica de produção, para as técnicas ancestrais envolvidas. Quando olhamos para a suculência e textura dos nossos queijos e enchidos, quase que conseguimos visualizar a sua cura, a sua fumagem, a sua secagem e o amor de quem os produziu.

 

O consumo de produtos locais em Portugal

Há nichos de consumidores portugueses que já estão a mudar de hábitos e consomem cada vez mais produtos locais motivados principalmente pela qualidade. Se os consumidores optarem pelo consumo cada vez maior daquilo que é produzido localmente, a produção também aumenta, o que vai contribuir para o aumento do nível económico da região e por conseguinte, do próprio país.

 

No SmartFarmer promovemos a identidade dos territórios

No SmartFramer promovemos valores “enraizados” que existem “ao lado e além” da avaliação com base somente no preço, ao contrário do que acontece em locais convencionais como os supermercados. Os nossos produtores produzem produtos genuínos e de qualidade que promovem a identidade dos territórios. Esta escolha pretende dar ímpeto a uma nova forma de conceber as compras online, mais próximas das realidades locais e capazes de aumentar o valor dos pequenos produtores, o coração pulsante do tecido económico do nosso país. Conheça aqui os nossos produtores e apoie a economia local e os pequenos produtores nacionais.

 

 

 

 

 

 

 

 

Back to list