Receitas

Vinho Quente com laranja e especiarias

vinho quente

Origem da bebida

O vinho quente encontra-se normalmente nos mercadinhos de natal e é ideal para aquecer durante o Inverno. É preparado com especiarias, cascas de citrinos e, claro, o ingrediente principal é o vinho tinto encorpado de alta qualidade. As origens deste vinho quente são muito antigas e as receitas mudaram ao longo do tempo. Esta bebida quente remonta à Grécia antiga e aos Romanos, que a chamavam de conditum paradoxum. Os romanos aqueciam o vinho para defender os seus corpos contra o inverno frio. Pensa-se que a introdução da canela na preparação deste vinho esteja ligada ao médico Hipócrates, um grande adepto das propriedades medicinais das especiarias: segundo ele, as especiarias tinham propriedades calmantes e desinfetantes e o vinho era, portanto, revigorante.

Como os romanos conquistaram grande parte da Europa, o seu amor pelo vinho quente espalhou-se por todo o império e pelas regiões com as quais comercializavam. Durante a Idade Média, a popularidade da bebida manteve-se e os europeus começaram a misturar o vinho aquecido com especiarias, porque acreditavam que isso promoveria a saúde e evitaria doenças. Eles também usavam ervas e flores como adoçantes naturais para fazer com que os vinhos desagradáveis tivessem um sabor melhor.

Receita de Vinho quente com laranja e especiarias

Ingredientes

– água (2 dl)

– açúcar amarelo (120 g)

– cravinho (3)

– anis-estrelado (1)

– pau de canela (1)

– laranja (100 g)

– 1 garrafa Porta da Tapada Vinho Tinto 2019 (750ml)

 

Preparação

– Coloque a água ao lume juntamente com o açúcar e as especiarias;

– Deixe ferver 5 minutos e adicione o sumo e o vidrado da casca da laranja;

– Assim que levantar fervura, conte mais 3 minutos e junte o vinho tinto;

– Ferva mais 2 minutos e retire do lume. Deixe arrefecer um pouco e sirva.

 

Dê uma vista de olhos à nossa SELECÇÃO DE VINHOS TINTOS.

Back to list