Cabaz de Frescos, Receitas

Salsichas Enroladas em Lombarda

salsichas

Conheça o alimento: Couve Lombarda

A couve lombarda, utilizada para confecionar sopas, ensopados e diversos outros pratos, é uma das hortaliças mais populares no país, cultivada em quase todas as zonas hortícolas, e, por isso, tem sido presença assídua nos nossos cabazes ‘Frescos em Casa’.

Esta semana para que possa disfrutar desta couve da melhor maneira, trazemos uma receita que é um clássico: Salsichas Enroladas em Lombarda.

Mas primeiro, como já se tornou habitual nesta rubrica, vamos conhecer um pouco melhor este alimento.

 

Benefícios da Couve Lombarda

Este tipo de couve é mais rica em carotenoides e clorofila, sendo rica em pró-vitamina A, vitamina C, B1, B2, cálcio, ferro, magnésio, enxofre, cobre, bromo, silício, iodo e potássio. Também contém aminoácidos que integram enxofre.

Contribui para a prevenção de alguns tipos de cancro, por ter na sua constituição glucosinolatos que determinam o aroma e previnem o início do cancro. Tem efeitos antianémicos, diuréticos, energéticos, remineralizantes e vermífugos.

 

Couve Lombarda – “Um pouco de História”

A sua origem é muito variada, encontrando-se formas silvestres em lugares como a Dinamarca ou Grécia, mas sempre em zonas litorais.

As couves são consumidas desde tempos pré-históricos. Já era conhecida dos egípcios desde 2500 a.C., sendo mais tarde cultivada pelos gregos. Em tempos antigos era medicinal e utilizada para facilitar a digestão e eliminar a embriaguez.

A couve era tida como um alimento de luxo pelos romanos, mais tarde, na Idade Média, o seu consumo já era generalizado e era parte da dieta de vários países europeus.

 

Época

Trata-se de uma cultura que se adapta bem ao Outono e ao Inverno; contudo, se a variedade for bem escolhida, poderá ser cultivada durante todo o ano.

Deve optar-se por repolhos pequenos e bem fechados, de aspeto viçoso e sem manchas nas folhas exteriores.

 

Utilizações

A couve lombarda tem várias utilizações, entre as quais cozida, a vapor, em estufados, assados, salteados, crua em saladas ou fermentada para o famoso chucrute.

 

 

Receita da Semana: Salsichas Enroladas em Lombarda

Ingredientes

4 folhas grandes de couve lombarda;

1 cebola grande;

12 salsichas frescas de porco;

2 dentes de alho;

1 tomate maduro;

1 dl vinho branco;

1,5 dl de caldo de carne;

0,5 dl de azeite;

1 dl vinho do Porto;

sal q.b; pimenta q.b.

 

Preparação

Leva-se um tacho ao lume com água, quando levantar fervura, adicionam-se as folhas de couve e deixam-se bringir, retiram-se. Cozem-se as salsichas na mesma água durante 5 minutos. Pica-se a cebola e o alho e refoga-se num tacho com o azeite, adiciona-se o tomate pelado aos cubos, as salsichas, o caldo de carne e o vinho branco, deixa-se ferver. Retiram-se as salsichas e enrolam-se na couve e ata-se com fio de cozinha. Volta-se a juntar ao refogado e aromatiza-se com Vinho do Porto, deixa-se cozinhar durante 10 minutos. Servir quente com o molho por cima acompanhado de puré de batata.

Back to list