Cadernos de Campo

Receita de Empada de bacalhau e espinafres

empada bacalhau e espinafre

Esta semana deixamos uma deliciosa receita de Empada de bacalhau e espinfres para que possa tirar partido da cenoura e dos espinfres presentes no cabaz desta semana!

O espinafre é uma verdura de alto valor nutricional que para além do papel relevante que desempenha na alimentação, se tornou numa cultura agrícola importante a nível económico.

De nome científico Spiancia oleracea, tem origem na espécie Spinacia tetranda. Crescia espontaneamente entre a Ásia Menor e a Pérsia. O seu cultivo terá ocorrido no Médio Oriente.

Existe ainda o espinafre-da-nova-zelândia, que apesar de apresentar um aspeto semelhante e utilização ao espinafre ‘comum’, pertence a uma família botânica diferente.

O seu nome é em alusão ao país do qual se julga ser proveniente, apesar de se encontrar naturalizado em território nacional, onde é até considerado, em certas regiões, como uma espécie invasora.

O espinafre tem folhas de cor verde-escura, alongadas e pontiagudas, podendo ser lisas ou rugosas.

A planta pode apresentar altura entre os 15 e os 25 cm.

Benefícios do Espinafre

O espinafre é uma boa fonte de minerais tais como o cálcio, o magnésio e o ferro. Apresenta também um teor elevado de vitamina A, C e K. Apresenta ainda na sua constituição ácidos gordos essenciais ómega-3.

Tem um efeito protetor em relação às doenças cardiovasculares, protege a saúde dos olhos e é rico em antioxidantes. Para além disso, é um vegetal pouco calórico.

Receita de Empada de bacalhau e espinafres

Ingredientes:

  • 250 gr de bacalhau;
  • 50 gr de espinafres;
  • 1 cenoura;
  • 1 tomate;
  • 300 gr de farinha;
  • 30 gr de manteiga;
  • 40 ml de azeite;
  • 100 ml de água;
  • 1 ovo; sal q.b

Preparação:

Coze-se o bacalhau previamente demolhado. Num tacho, coloca-se um fio de azeite, introduz-se a cebola e o alho picados e deixa-se refogar. Adicionam-se os espinafres, a cenoura ralada, a folha de louro e o tomate. Depois junta-se o bacalhau e a polpa de tomate.

Deixa-se cozinhar em lume brando até o líquido evaporar.

Numa taça, mistura-se a farinha, o azeite, a manteiga e o sal até obter uma massa. Acrescenta-se o ovo e a água e amassa-se até que fique uniforme. Estende-se a massa e recheia-se com o preparado de bacalhau anterior.

Pincela-se a massa com gema de ovo e leva-se ao forno durante 1 hora ou ate a massa estiver cozida e dourada.

Retira-se do forno, deixa-se arrefecer e serve-se morna.