Histórias, Notícias

Hoje é dia da espiga: conheça esta tradição

O “Dia da Espiga” é uma celebração que ocorre no dia da Quinta-feira da Ascensão com um passeio matinal, em que se colhe espigas de vários cereais, flores campestres e raminhos de oliveira para formar um ramo, a que se chama de espiga.

Origem

Esta celebração remonta à antiguidade, pois nasce dos rituais pagãos, especialmente nas culturas célticas e romanas, de celebração das primeiras colheitas.

Com a chegada do Cristianismo, esta festa ocorre 39 dias depois da Páscoa, servindo também para festejar a Ascensão de Jesus ao Céu quarenta dias após a sua Ressurreição.

Infelizmente com a crescente migração para as grandes cidades e a industrialização, começou a haver cada vez mais dificuldade em cumprir esta tradição. O dia da espiga era considerado “o dia mais santo do ano”, um dia em que não se devia trabalhar, mantendo-se como feriado nacional até 1952.

Composição do ramo e valor simbólico

As várias plantas que compõem o ramo da espiga têm um valor simbólico profano e também religioso:

Malmequeres: Os malmequeres simbolizam ouro (parte amarela) e prata (o branco), ou seja, a riqueza e os bens terrenos.

Papoila: simboliza o amor e a vida.

Ramo de Oliveira: simboliza a luz e a paz.

Alecrim: simboliza a saúde e a força.

Videira: simboliza o vinho e a alegria.

Gostou deste artigo?

Se sim, subscreva a nossa newsletter aqui e siga-nos no Facebook e no Intagram

12 de Maio de 2021

Related Posts